segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

I keep coming baaaaack!

Fonte: Tumblr

Heeeeeeeey Cuties!

VOOOOOOOOOLTEI! Yup, por esta altura já nem se devem lembrar aqui da vossa Jei... desculpem mimimmi! :( 
Bem, é melhor contar-vos o que me aconteceu nestes últimos tempos. Como alguns se recordam, eu tinha arranjado um trabalho e estava toda contente da vida. Não era na área, mas era uma sorte eu tê-lo conseguido quando isto está tão complicado. Era numa loja de artigos para bebé num centro comercial, horários rotativos, ordenado mínimo (a recibos verdes, ahah) e duas folgas por semana, mesmo nada mau (dentro dos possíveis, visto que não tinha direito a subsídios nem nada)! Acontece que este negócio é um investimento que precisava obter lucro para continuar, e isso já era muito complicado... então o que decidiram fazer? Abrir nova loja! Mas isso trouxe mudanças a nível de gestão, e basicamente não me consegui adaptar. Passámos a fazer 7 horas seguidas de trabalho (sem pausas!), a só ter uma folga por semana e a receber cerca de 300€ de ordenado base + 5% de comissão de tudo o que vendesse (e o problema era vender!).  Para além disso, aqui a novata ficou a fazer 99,9% dos fechos. Trabalhar das 17h à 24h, chegar a casa, dormir, acordar, comer e ir trabalhar: foi a minha vida neste mês. Fiquei um caco a nível emocional, porque não via amigos, não via família, não via namorado (e moramos juntos), não vinha aqui, nada! Senti-me abusada, completamente desmotivada, e com uma pressão enorme em vender para obter um rendimento no mínimo satisfatório. E sei que muitos de vocês podem achar que agi precipitadamente, mas não aguentei mais: despedi-me. Ainda fui burra ao ponto de querer sair por bem, de não os querer prejudicar e ter dito antecipadamente, de me ter oferecido para ficar uns dias até arranjarem nova colaboradora, e quando o patrão me ligou  a dispensar-me (sim, por telefone, nem deu a cara), e aqui a estúpida estava a agradecer por tudo, levei com um "mas deixa-me acabar ou não?

Meus amigos, trabalho está escasso, mas não se sujeitem, lutem pelos vossos direitos mínimos! Aproveitam-se cada vez mais do desespero das pessoas, dizendo que está mau, está mau, mas depois é vê-los com "Itecnologias"... e foi o que me aconteceu.

Com isto tudo, o Messy Buns fez um ano em Janeiro e eu nem tive oportunidade de comemorar... até tinha pensado em fazer um giveway da minha pessoa! (não sei até que ponto isso seria bom muahahah!) :D
Por agora, estou de volta e já tenho programado uns posts sobre cenas de gaijas... mas antes, quero ver se dou aqui uma mudança no layoutzinho.

E por hoje é tudo ;)

5 comentários:

  1. bolas que azar.. abusam das pessoas à força toda !! -.-

    ResponderEliminar
  2. Vendo as coisas pelo lado positivo: estás de volta :)

    ResponderEliminar
  3. São tão chulos, pá! E têm a lata de vir para a imprensa dizer que o negócio está mau, mas aparecem de carro novo todos os anos, casa "apalhaçada" com piscina e os melhores colégios para os filhos hiperativos.
    Tudo à custa da escravidão. :\

    ResponderEliminar
  4. Fogo, fizeste bem em sair desse trabalho!*

    ResponderEliminar
  5. o trabalho tá escasso mas encontra-se sempre!! não acho que a tua decisão tenha sido precipitada, foi corajosa, isso sim!! :D e vais ver que o teu próximo job vai correr melhor!! se não correr, paciência, partes pra outra^^ btw, passou por aqui o querido mudei a casa?? xD tá muito giro!! <3

    ResponderEliminar

Obrigada pela tua opinião, Cutie! (^ _ ^)/~~